Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Solidão

 

   

Neste últimos dias tive a oportunidade de poder observar o comportamento de várias pessoas, que por uma razão ou por outra fazem parte da minha vida!

Daquilo que pude observar e que analisei de acordo com  a minha maneira de ser/estar na vida e com os conhecimentos reais sobre psicologia humana que possuo, consegui chegar a vários pontos... resumindo apenas a uma conclusão evidente: solidão! Muitas das pessoas que observei estes dias sofrem de solidão! Mas para que a minha análise tenha maior fundamento, passo a explicar: as pessoas sobre as quais escrevo pertencem a etnias, idades e origens completamente distintas umas das outras! Quase que se poderia dizer que se atingem três gerações! Os países de onde são oriundas são completamente distintos, as mentalidades e as experiências de vida também! Mas de uma forma ou de outra, algo as une: a solidão!

Pelo que sei sobre as pessoas em causa, e resumindo-me a 3 casos específicos, todas pertencem a grandes famílias! Todas elas têm familiares vivos e amigos, mas mesmo assim sofrem de solidão!

Focando-me apenas no fim-de-semana passado, foi a passagem de ano: milhares de pessoas em todo o mundo festejaram alegremente, em conjunto, cheias de entusiasmo e alegria! No entanto, muitas outras festejaram em tristeza, sozinhas... muitas houve que apesar de terem festejado no meio de uma multidão ou no seio da família, tiveram a sensação de que estavam sós! Outras porém, apesar de fisicamente terem estado sós, não se sentiram assim, antes pelo contrário!

Mas... voltando ás pessoas que observei mais de perto: uma delas tem imensos amigos, conhecidos, familiares... quem a conhece sabe que tem sempre um sorriso estampado no rosto e uma palavra amiga! Sendo assim deverá ter passado o ano feliz e bem acompanhada! Pois foi precisamente o contrário que se passou... pelo que sei, passou-o acompanhada pelos seus clientes e a trabalhar! o 1° dia do ano... sozinha! O trabalho chamava... É um exemplo real do sentimento de "estar a sentires-te sozinho no meio de uma multidão"! Apesar de o número elevado de amigos e familiares, preferiu trabalhar nestes dias... para assim aliviar a solidão que sente e tentar dar um brilho ao seu olhar (que só observando com atenção se nota o quão triste o é!).

Outro caso que observei... alguém que também tem família e alguns amigos, mas passa o ano fechado em casa. Cria muros á sua volta e não deixa ninguém entrar... só com sérias reservas! Cada vez se habitua mais a isso e chega até a não abandonar o lar... mesmo que precise de ir ás compras para bens essenciais como os alimentares! Eu sei que essa pessoa tem Família! Alguns deles vivem até bem perto... mas posso-vos dizer que NENHUM apareceu para festejar, para cumprimentar, para averiguar se a pessoa vive ou já desistiu de tudo... é triste! É uma solidão imposta e ao mesmo tempo provocada... mas mesmo assim dói!

Vendo as coisas por outro prisma... há aquelas pessoas que nao têm família, por um motivo ou por outro estao sós neste mundo. O que lhes vale sao os muitos amigos que têm! Mas chegam a estas alturas do ano e quando precisamos de um ombro amigo que nao nos deixe sentir tao "sós"... reparamos que nao há nenhum! Todos têm os seus afazeres, as suas ocupacoes e sendo assim nao sobra tempo algum para os outros... E aí a solidao vem e faz de nós o seu posto!

Cada caso é um caso, Eu sei e não tenho o direito de julgar ninguém... nem o quero fazer! Mas voltando á minha análise: há pessoas que se "vingam" da solidão embrenhando-se cada vez mais nos seus afazeres laborais, é quase como que um escape! Quanto mais trabalho, mais distraído estou e menos noto que estou sozinho!

Outros há que fogem do mundo e do convívio social, apesar de se lamentarem sobre o "quão sozinhos estão no mundo", também não fazem nada para o evitar...

Casos há em que as pessoas julgam ou estão certas de que nada lhes falta, todos estão lá prontos e dispostos para o convívio... e quando se apercebem... também sofrem de solidão! Muito provavelmente essas pessoas sabem já há partida de que estão solitárias, tentam ignorar essa realidade convencidas de que devido a esse factor a humanidade estará sempre disposta a conviver, mas um dia sofrem o choque de que as coisas não são bem assim. É necessário cuidar do jardim para que possamos ter flores e frutos!

E para resumir a minha ideia, observei também que há pessoas que sabem que estão sozinhas e encaram essa realidade de forma "desportiva"! Têm amigos, mas sabem que os amigos têm vida própria... têm familiares presentes, mas ao mesmo tempo ausentes... têm-se a si próprias! E sabem tirar partido das situações e tentar saborear a vida!

A solidao é um "mal" da sociedade actual! Nao creio que vá melhorar, antes pelo contrário... tende a piorar... na era das comunicacoes, em que partilhamos com o mundo aquilo que fazemos e vivemos quase segundo a segundo, estamos cada vez mais sós! Pois cada vez mais as pessoas se interessam apenas e só pelos seus próprios interesses!

Meus Queridos, apesar da neve e dos -2°C que se fazem sentir neste momento, o sol brilha e espero que continue a brilhar nas Vossas vidas!

 

Grüß aus München,

Sara


publicado por Sara às 14:40
link do post | comentar | favorito
 O que é?
7 comentários:
De blogear a 3 de Janeiro de 2011 às 17:42
Olá Linda Sara

É verdade e tambem acredito que com o tempo haverá mais, por vezes levamos tantos pontapés, e pensamos duas vezes se vale a pena mesmo comecar novas amizades.

Só houve uma altura da minha vida, há muitos anos atrás senti a solidao, e digo-te nao é nada agradavel, mas hoje, por escolha, muitas vezes preciso e passo muito tempo sozinha, apesar dos muitos amigos que tenho, mas mais e mais, tambem por causa da profissao, por vezes mesmo prreciso de estar sozinha, durante o dia, fico cansada do telefone, emails, acreditas que ás vezes até me canso de ouvir o meu nome?
É verdade.

E os tempos que passo sozinha, sabem mesmo bem, mas estes sao por escolha e nao por solidao. A diferenca é bem grande

Mas que sei que existe muita solidao, existe, e e deixa-me triste, pois nao e nada bom

Beijocas grandes e uma optima semana


De Sara a 9 de Janeiro de 2011 às 10:16
Carla,

compreendo bem essa tua necessiade de por vezes estares "só", é realmente preciso de vez em quando... mais nao seja para descansarmos um pouco...

Infelizmente há quem esteja sozinho, mas nao por escolha....

Espero e desejo que tenhas umas EXCELENTES e merecidas férias!!

Beijinhos


De aindateamo a 3 de Janeiro de 2011 às 18:28
Gostei muito do texto.


De Sara a 9 de Janeiro de 2011 às 10:17
Olá Carla,

gostei da tua visita por aqui!

Espero que estejas bem e que tenhas novidades boas...

Beijinhos

P.S: Nao desistas NUNCA dos teus sonhos!!


De Mikashi a 8 de Janeiro de 2011 às 11:03
gostei mto mto desta reflexão....e sabes...eu estava um pouco triste na passagem de ano..por não ter nenhum programa fora de casa...mas compreeendi que muitas vezes o que temos à nossa volta pode ser maravilhoso...e deixei de sentir esse vazio...
Porque passei uma passagem de ano "quentinha" com a minha mãe, com duas primas mesmo à distância mas perto e com tlfs de amigos importantes! Ou seja...tive mtos motivos para ser feliz e agarrei esse momento feliz! :) muitas vezes queremos mundos fora do mundo...e não apreciamos a beleza do nosso mundo! Eu quero sempre apreciar as coisas boas que tenho à minha volta!


De Sara a 9 de Janeiro de 2011 às 10:39

Prima,


 


lá está o meu mote: "tentar sempre ver o lado positivo das coisas e das situacoes!". Ainda bem que consideras a tua passagem de ano "quentinha", foi deveras agradável poder ter partilhado esta passagem contigo... termos vivido uma mudanca de década internacional ;)


 


Beijinhos



De Sara a 9 de Janeiro de 2011 às 10:43

Prima,

(o outro comentário nao se lê...)

lá está o meu mote: "tentar sempre ver o lado positivo das coisas e das situacoes". Ainda bem que consideras a tua passagem de ano "quentinha", foi deveras agradável poder ter partilhado esta passagem contigo... termos vivido uma mudanca de década internacional...

Beijinhos


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Aufwiedersehen

. Oktoberfest 2011

. Hi again

. Sunday morning (III)

. Sunday morning (II)

. Sunday morning

. Remembering

. One Year Later

. After a hard day work...

. Vitali vs Solis

.arquivos

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

.mais comentados

11 comentários
8 comentários
7 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
   
blogs SAPO
RSS